sábado, 3 de janeiro de 2015

ESCURIDÃO




Muito trabalho, Suado,
Divertido, Aprendizado.
Mesmo assim respeitado.
Solidão?
Não, não era solidão.
Como definir solidão.

Tinha alegria, Admiração,
Muita responsabilidade, Gratificante.
Passeios: Castelos, Praia, Gente elegante.
Ah praia, Todo verão, Todos os verões.
Ríamos, E como ríamos, Brincávamos.
Era outro clima, Clima frio, Diversão quente, Agitado.

Presentes.
Éramos presente: Pai e filho, Amigos, Abraço apertado.
Lazer e cultura, Ensino e saúde, Transporte e segurança.....
Enfim, Mudança, E que mudança.
Radical, Para pior.
Porque mudei? Nem eu sei. Ficar era melhor.

Como definir solidão?
Estou cercado, Tumultuado, Fechado, Não respiro,
Angustiado, Uma dor só sai suspiro.
Bunker, Bombardeado, Sem misericórdia, Tristeza,
Trabalho, Muito trabalho, Enfadonho, Sem moleza
Tento sorrir, Isso sim e solidão.

Desesperado, Apocalipse,
Um eclipse,
Escuridão em plena luz do dia.
Trevas, Libertação, Esperando Libertador, Bem que podia
Trazer de volta milha alegria,
Me levando de volta, Onde ter ficado eu deveria.

Viajava, Visitava, Apenas passeava,
E lá eu morava
Com muito trabalho, Suado,
Respeitado,
Aprendendo, Me divertia
Sem sentir solidão!



Wagner Pires

Nenhum comentário: