domingo, 7 de setembro de 2014

CORES DO MUNDO


O mundo tem suas cores:
O azul confunde o céu e o mar
Como se ali no horizonte fosse o limite;
As espumantes ondas do mar são brancas ao chegar à praia;
É verde quando o homem consegue preservar sua natureza;
É vermelho no fogo expelido do seu interior,
E este fogo torna-se cinzento quando chega às nuvens.
O mesmo cinza que vemos no nos céus 
Das poluentes grandes metrópoles.
Mas nas florestas tropicais ouvimos o som de pássaros
Azuis, amarelos, verdes, vermelhos;
Infinidade de cores da natureza.
Em todos os lados, em todas as terras, em cada nação.
Nações que só se distinguem nas cores de suas bandeiras.
As crianças brincam e rabiscam com as cores,
Cores que o homem inventou;
Para embelezar suas roupas, casas e suas arquiteturas,
Carros e incontáveis objetos.
E o mundo proporciona a cada dia descobrir mais cores:
Nas telas, nos monitores, nos ecrãs.
Utilizadas nos esportes
Para distinguir e dividir os torcedores.
Seja nos verdes dos estádios,
Seja no castanho ou alaranjado das quadras,
Nas misturas de cores dos patrocinadores dos esportes a motor.
Cores deste mundo que é uma bola,
Um ovalado círculo imperfeito,
Assim como o homem é imperfeito,
Cheio de defeitos.
Porém, temos que entender e aceitar as diferenças.
Por isso o homem não tem cor,
O homem tem uma raça:
A raça humana.
Sendo o mundo uma bola que gira
Ao redor d´uma Estrela em tons de vermelho alaranjado,
Pintado de amarelo pelas crianças,
É pura Ciência.
E nesta ciência criada por Deus,
Permite que ao Norte
A pele clara suporte a intensidade desta luz
E crie olhos verdes e azuis,
Mas capacita e dá força
Ao negro suportar na pele este grande calor.
Se cor é apenas Ciência,
Mera questão de Geografia,
Temos que mudar a História,
Deixar que a história do passado
Nos ensine a viver no presente
Para que no futuro
Tenhamos um COTIDIANO perfeito:
Solidário e comunitário,
Sem distinção de cor.


Wagner Pires

Nenhum comentário: